Na próxima quinta-feira, 22 de outubro, o jornalista William Waack e o piloto e comunicador Fernando De Borthole, do canal Aero Por Trás da Aviação, vão se encontrar às 19 horas para falar sobre economia e o mercado aeronáutico brasileiro e o crescimento do Centro-Oeste nesse setor. O evento on-line é promovido pelo Grupo Empreendedor formado pelas empresas Tropical Urbanismo, Innovar Construtora, CMC Engenharia, BCI Empreendimentos e Participações e RC Bastos Participações e marca o lançamento oficial do Antares Polo Aeronáutico, empreendimento que será construído em Aparecida de Goiânia, com obras previstas para o primeiro semestre de 2021.

Fernando é piloto há 15 anos e o seu canal especializado é um dos mais acessados no país, com quase um milhão de seguidores. Ele une o conhecimento na aviação com a habilidade de comunicação e mostra os bastidores desse universo em uma linguagem simplificada. No debate, ele une forças com Waack e juntos vão traçar o cenário atual dessa economia tão pujante no Centro-Oeste, que detém 24% das aeronaves da aviação geral do país e grande potencial logístico para ampliação. O evento on-line acontece no canal do Antares no Youtube. Para participar é preciso fazer inscrição prévia pelo site antaresaeroporto.com.br.

Saiba mais sobre o Antares

O polo aeronáutico vai ser erguido na região metropolitana de Goiânia, na cidade de Aparecida de Goiânia, a 15 minutos do Flamboyant Shopping Center, com acesso facilitado por via expressa dupla, e é denominado Antares Polo Aeronáutico, um investimento de R$ 100 milhões.  Com 209 hectares de área, o polo aeronáutico será voltado para aviação executiva, manutenção e operações logísticas. A construção do empreendimento será em cinco fases e para o lançamento serão disponibilizados apenas 200 lotes para venda. A estrutura de apoio e a pista tem previsão de início de obras para 2021 e ficarão prontos em 2024.

A pista do Antares terá 1.800 metros de extensão, podendo receber todos os modelos de aviação geral, jatos executivos, monomotores, bimotores, até o Embraer 195. Além disso, poderão pousar o Boeing 737 700 e 800 (desde que vazios, apenas para manutenção).

O empreendimento deve atrair empresas de táxi aéreo, serviço aeromédico, manutenção, hangaragem, escolas para formação de pilotos e estrutura de apoio, com comércio, restaurantes e hotel. A expectativa é atrair também indústrias, em especial fábrica de peças aeronáuticas, turbinas e motores para aviação, entre vários outros. Além de empresas voltadas para o segmento de logística.

 

 Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: www.egom.com.br

E-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?