Perdas da bolsa de valores e baixa rentabilidade das aplicações financeiras deixaram muitos investidores assustados; em especial os novos
As sucessivas quedas da bolsa de valores e a baixa rentabilidade das aplicações financeiras devem aumentar o interesse dos investidores no mercado imobiliário. Esta é a aposta de especialistas para o momento da retomada econômica, depois da Pandemia d0 Coronavírus.

“Quem está capitalizado vai fazer negócio e quem investiu em bolsa e perdeu também vai esperar recuperar o principal para migrar para opções mais conservadoras, especialmente quem tinha acabado de ingressar nesta área”, disse Igor Melro, diretor da Porte Engenharia e Urbanismo. No ano passado, dobrou o número de investidores pessoa física na Bolsa de Valores de São Paulo.

Na visão de Melro, o cenário hoje é de estoques baixos e uma demanda crescente. “Se no pós crise de 2015 e 2016, os estoques eram elevados, o quadro hoje é outro. Temos demanda crescente, mas os lançamentos estavam apenas começando, nossa indústria tem ciclos longos.

Do ponto de vista da rentabilidade o jogo também está bem diferente. “Se em 2015 havia uma taxa Selic de 14,25% hoje estamos em 3,75%. Ou seja, dinheiro aplicado rende muito pouco, é preciso buscar outras alternativas para fazer o dinheiro render.”

Igor Melro explica que o mercado imobiliário tem demanda constante, gente que casa, que tem filhos, que sai da casa dos pais etc., e isso em todas as regiões da cidade. Umas mais outras menos. O que varia é a oferta e a regra vale para imóveis residenciais, comerciais e corporativos. “No Tatuapé e Anália Franco, onde atuamos mais, temos um quadro clássico de falta de estoque, embora de 2013 a 2018 tenhamos registrado um grande número de lançamentos”, explica.

Na visão de Igor Melro, a segurança do investimento em imóvel vai atrair não só os conservadores, mas também os que ficaram assustados com os movimentos recentes do mercado. “Todo mundo ficou mais conservador depois de tudo isso”.

Sobre a Porte Engenharia e Urbanismo

Desde 1986, a Porte faz uso da Engenharia, do Urbanismo e da Ciência Urbana a serviço do desenvolvimento humano, criando e entregando soluções urbanas. Com mais de 40 projetos entregues, grande parte, na região do Tatuapé e Anália Franco, a Porte é a primeira empresa de São Paulo a implantar o departamento de Ciência Urbana, que utiliza a inteligência artificial, a arquitetura e o seu conhecimento sobre a vida nas cidades para definir os seus projetos e ações, a fim de desenvolver a região e melhorar a vida das pessoas que estão aqui.

Mais informações: www.porte.com.br

 

Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: www.egom.com.br

E-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?