Números do semestre significativamente maiores em comparação com o mesmo período do ano anterior

Taxas de frete se mostram mais altas devido à escassa capacidade de transporte

Normalização não esperada nas cadeias de abastecimento globais antes do primeiro trimestre de 2022

A Hapag-Lloyd publicou na última semana seus números para o primeiro semestre de 2021. A empresa concluiu o período com um EBITDA de US$ 4,2 bilhões (EUR 3,5 bilhões). O EBIT subiu para US$ 3,5 bilhões (EUR 2,9 bilhões) e o lucro do Grupo subiu para US$ 3,3 bilhões (EUR 2,7 bilhões).

“Em um mercado com uma demanda muito forte por transporte de contêineres, nos beneficiamos de taxas de frete significativamente melhoradas e tivemos um primeiro semestre muito bom. Entre outras coisas, fomos capazes de reduzir nossa dívida líquida em US$ 1,5 bilhão, embora tenhamos pago um dividendo significativamente mais alto em comparação com o ano anterior ”, disse Rolf Habben Jansen, CEO da Hapag-Lloyd.

De acordo com a empresa, as receitas aumentaram aproximadamente 51% no primeiro semestre de 2021, chegando aos US$ 10,6 bilhões (EUR 8,8 bilhões), principalmente por causa de uma taxa de frete média 46% mais alta de 1.612 USD / TEU (H1: 2020: 1.104 USD / TEU). O desenvolvimento da taxa de frete foi o resultado da alta demanda combinada com a escassa capacidade de transporte e severos gargalos de infraestrutura.

Os volumes de transporte chegaram a 6.004 TEU e, portanto, 4% acima do valor comparável do ano anterior, que foi impactado por uma queda na demanda no segundo trimestre devido à pandemia COVID-19. Além disso, o preço médio de consumo de combustível foi cerca de 6% mais baixo, que totalizou US$ 421 por tonelada no primeiro semestre de 2021 (primeiro semestre de 2020: US$ 448 por tonelada) o que impactou positivamente nos lucros.

Embora a demanda permaneça alta no atual ambiente de mercado, é verificada uma escassez na capacidade de transporte semanal disponível. Por este motivo, a Hapag-Lloyd espera que os lucros permaneçam fortes na segunda metade do ano. O EBITDA para o ano inteiro deve ficar na faixa de US$ 9,2 a 11,2 bilhões (EUR 7,6 a 9,3 bilhões) e o EBIT na faixa de US$ 7,5 a 9,5 bilhões (EUR 6,2 a 7,9 bilhões).

“Estamos naturalmente satisfeitos com este extraordinário resultado financeiro. Mas os gargalos nas cadeias de abastecimento continuam a causar enormes tensões e ineficiências para todos os participantes do mercado e temos que fazer o nosso melhor para resolvê-los em conjunto o mais rápido possível. Olhando para o ambiente do mercado hoje, no entanto, não acreditamos que a situação volte ao normal tão cedo – apesar de todos os esforços feitos e da capacidade adicional de contêineres que está sendo injetada. No momento, esperamos que a situação do mercado só melhore no primeiro trimestre de 2022, no mínimo. ”

O relatório do primeiro semestre de 2021 está disponível online em:

https://www.hapag-lloyd.com/en/ir/publications/financial-report.html

Sobre a Hapag-Lloyd

Com uma frota de 250 navios porta-contêineres modernos e uma capacidade total de transporte de 1,8 milhão de TEU, a Hapag-Lloyd é uma das principais empresas de transporte marítimo de linha do mundo. A empresa possui cerca de 13.400 funcionários e 394 escritórios em 130 países. A Hapag-Lloyd tem uma capacidade de contêineres de aproximadamente 2,8 milhões de TEU – incluindo uma das maiores e mais modernas frotas de contêineres reefer. Um total de 121 serviços de linha em todo o mundo garantem conexões rápidas e confiáveis ??entre mais de 600 portos em todos os continentes. A Hapag-Lloyd é uma das operadoras líderes nos negócios Transatlântico, Oriente Médio, América Latina e Intra-América.  Mais informações em https://www.hapag-lloyd.com/

Informações para a imprensa

Egom PR Agency

(11) 3666 7979

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: www.egom.com.br

e-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

*

©2022 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?