Brigadeiro do Ar Carlos Alberto da Conceição, investigador master de acidentes de voo, destacou a importância do pessoal em solo para a mentalidade de segurança de voo

Na manhã de ontem (21.11), durante a abertura da primeira edição Simpósio Integrado de Segurança Operacional de São Paulo, o Brigadeiro do Ar Carlos Alberto da Conceição proferiu a palestra “Ground Service Provider e a Segurança Operacional”. Ao longo de quase uma hora, o especialista em acidentes aéreos mostrou como é importante as empresas auxiliares investirem na cultura de prevenção de acidentes, com treinamento do pessoal e incentivo cada vez maior para que os acidentes e incidentes sejam sempre reportados, com o objetivo de prevenir a repetição.

 “A segurança de voo não deve ser apenas alvo da preocupação do pessoal de safety ou dos pilotos, mas sim de toda a comunidade aeronáutica”, disse Conceição. Os acidentes aéreos são duramente investigados, segundo o Brigadeiro, mas os acidentes em solo são raramente reportados pelas empresas. Em todo o mundo, a cada ano, são 27 mil acidentes e incidentes em solo; 9 acidentes são registrados a cada mil pousos e decolagens ou a cada 70 dias e, no total, são 243 mil trabalhadores feridos. Os dados são da IATA (International Air Transport Association) e da Flight Safety Foundation.

 Na visão do especialista, são ações simples e básicas que vão manter a aviação longe dos acidentes e dos incidentes. “É preciso manter o estado de alerta dos colaboradores, prevenção é pregação”, resume.  O Brigadeiro também ressaltou os prejuízos decorrentes da falta de investimento em prevenção de acidentes. Por ano, são gastos US$ 4 bilhões para reparos causados por FOD (Foreign Object Damage). Só para consertar uma turbina de um Airbus A320  atingida por um objeto deixado na pista são necessários US$ 5 milhões.

 O 1.o Simpósio Integrado de Segurança Operacional de São Paulo seguiu ao longo de todo o dia de ontem, no Hotel Pullman, em Guarulhos. Na plateia, pilotos, gestores, controladores de tráfego aéreo, administradores aeroportuários, prestadores de serviços especializados de ground handling e profissionais em geral da área de aviação.

 O evento foi promovido conjuntamente pelo SRPV-SP (Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo), Infraero, GRU Airport e Aeroportos Brasil Viracopos, e conta com apoio da Abesata (Associação Brasileira das Empresas de Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo) e da Abear (associação das empresas aéreas).

Outros temas tratados foram “Runway Safety Team (RST)”, “Airport Collaborative Decision Making”, “Cultura de Segurança Operacional” e “Segurança operacional durante as obras em aeródromos”.

 Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: https://egom.com.br/press-releases/

E-mail: egom@egom.com.br

Visite a Egom PR Agency no Facebook!
E-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?