Com a facilidade de voo para o Chile, os brasileiros têm ido para o país também para ter uma experiência de enogastronomia

 

Muitos brasileiros já descobriram o prazer de conhecer vinícolas espalhadas pelo mundo. As chilenas estão entre as que mais recebem turistas do Brasil, não só pelos excelentes vinhos que produzem, mas principalmente pela facilidade de acesso. Não à toa, elas vêm se preparando para receber cada vez mais.

 

Para se ter uma ideia, a maioria das vinícolas chilenas conta com restaurantes na sede e oferecem o menu em português. Outra tantas, além do menu, também possuem pelo menos um maitre/garçom que atende em língua portuguesa para facilitar a compreensão dos pratos e pedidos. As instruções de alguns vinhedos também vêm em português.

 

Toda facilidade é para receber bem o turista brasileiro que, segundo dados do Sernatur (Serviço Nacional de Turismo Chileno) respondem por cerca de 550 mil chegadas por ano. Por conta disso, este órgão de turismo acabou de classificar o Brasil, novamente, como principal mercado internacional para o país. Em média, os brasileiros que visitam o Chile, deixam quase US$ 470 milhões por ano.

 

A Sky, companhia aérea chilena reconhecida em 2018 como a melhor low cost da América do Sul, chegou ao mercado brasileiro no fim do ano passado com o objetivo de democratizar os céus, encurtar as distâncias e, claro, ser uma excelente opção de viagem para o turista brasileiro que tem o Chile como destino final.

 

“Identificamos de imediato que os brasileiros gostam de visitar nosso país por causa dos vinhos e dos esportes de inverno, enquanto os chilenos amam as praias brasileiras. Por isso, não cansamos de oferecer facilidades a fim de promover as viagens tanto de chilenos quanto de brasileiros”, disse o gerente de vendas regional da SKY, Jaime Fernández.

 

Ele destacou que, desde o começo da operação da companhia aérea no país, a taxa de ocupação tem se mantido em 90%. “Nosso principal objetivo é democratizar as viagens com passagens acessíveis a todos; em pouco tempo, o transporte aéreo vai se tornar um espaço de inclusão em toda a América do Sul. Estamos trabalhando para isto”, disse Fernández.

 

Atualmente, a SKY oferece seis voos semanais de Santiago para o Rio de Janeiro, de quarta a segunda-feira, com tarifas a partir de US$ 67. Santiago-Florianópolis opera às terças, quintas, sábados e domingos, a partir de US$ 57. E Santiago-São Paulo tem cinco frequências semanais a partir de US$ 57. Valores por trecho e sem taxas de embarque incluídas. Informações e reservas em www.skyairline.com

 

Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: http://egom.com.br/press-releases/

E-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?