Das 5.588 cidades brasileiras, aproximadamente 2.300 não contam com agências bancárias. Em todo Brasil são mais de 337 mil correspondentes que recebem contas, transferem dinheiro e liberam crédito, entre outros

Nos últimos 10 anos, o número de correspondentes triplicou no Brasil para atender à enorme quantidade de municípios sem agências bancárias. Das 5.588 cidades, 2.293 não possuem agências bancárias. Além disso, nos últimos anos, o movimento no sentido de fechar agências bancárias para reduzir os custos tem sido grande. Em 2017, 1.500 agências foram fechadas. Só o Banco do Brasil encerrou as atividades de 670 agências.

Por tudo isso, as pessoas não têm outro caminho para o pagamento de contas, recebimento de benefícios, transferências, empréstimos, se não for através dos correspondentes, que já estão equiparados com as agências bancárias em número de transações. De acordo com o Banco Central, existem 330 mil pontos de atendimentos de correspondentes em todo país, um contingente de 1,2 milhão de trabalhadores atende os clientes, divididos nos segmentos transacional e negocial.

Só para dar uma ideia da força do correspondente hoje, entre os negociais, a maior presença está nos Estados de São Paulo (62.331), Minas Gerais (20.142) e Paraná (16.002). Só no Estado de Santa Catarina são 13.475 correspondentes bancários.

No transacional a distribuição é mais igualitária. A liderança segue com São Paulo (11.559), seguido de Minas Gerais (6.160) e Bahia (4.632), mas a presença é bastante forte em vários outros Estados como Pernambuco (2.324), Ceará (2.586), Santa Catarina (2.403) e Maranhão (1.141), entre outros.

Se olharmos como trabalham os correspondentes por tipo de atividade, as operações de crédito alcançam 37%, recebimentos  e pagamentos de qualquer natureza representam 19%, ordens de pagamento 18% e recebimentos, pagamentos e transferências eletrônicas somam outros 12%.

Uma pesquisa da Febraban mostra como evoluíram as transações feitas por correspondentes ao longo dos últimos 5 anos. Se em 2011, era 1,3 bilhão de transações, em 2016, último dado disponível, chegou a 5,1 bilhões de transações. Praticamente o mesmo volume que o realizado pelas agências bancárias (5,3 bilhões). Em todo o Brasil, são mais de 374 mil pontos de atendimento de correspondentes que oferecem serviços financeiros, fora das agências bancárias, como terceirizados.

“A mudança conceitual no modelo de agências bancárias reduziu a oferta de serviços no pagamento. Por isso, os correspondentes se tornaram uma referência para quem precisa pagar contas, enviar dinheiro ou até mesmo solicitar um empréstimo”, disse Edison Costa, presidente da Aneps/Sindaneps (Associação e Sindicato Nacional das Empresas Promotoras de Crédito e Correspondentes no País). Segundo ele, muitos comerciantes, percebendo a carência, colocam no próprio estabelecimento um ponto de atendimento com serviços bancários, atraindo mais gente e aumentando as vendas.

Saiba mais sobre a Aneps/Sindaneps (Associação e Sindicato Nacional das Empresas Promotoras de Crédito e Correspondentes no País)

As empresas promotoras de crédito e correspondentes no país atuam de forma independente como terceirizadas para financiadores ou credores, ou seja, prestam serviços financeiros fora das agências. Estes profissionais realizam recebimentos de pequenas contas, como água, luz, telefone entre outros, e pagamento de 57% dos benefícios sociais, como aposentadoria e Bolsa Família. Segundo o site do Banco Central do Brasil, são mais de 374 mil postos de atendimento ao consumidor. Um segmento econômico que gera cerca de 1,7 milhão de postos de trabalho. A Aneps foi criada em 2001 para representar os interesses dessas empresas e obter o reconhecimento como categoria importante na cadeia produtiva. Para mais informações, acesse www.aneps.org.br.

Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: http://egom.com.br/press-releases/

E-mail: egom@egom.com.br

Visite a Egom PR Agency no Facebook!

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?