Fotos: https://flic.kr/s/aHsmAoNTmL

Desde o dia 1.o de janeiro, passou a ser obrigatório para todas as aeronaves que sobrevoam o espaço aéreo dos Estados Unidos estarem equipadas com o ADS-B, sigla para Automatic Dependent Surveillance-Broadcast, uma tecnologia mais moderna e eficiente para controle do espaço aéreo. O ADS-B passa a substituir o sistema convencional de radares nos EUA

 

Desde o fim do ano passado, vem crescendo a demanda de proprietários de aeronave interessados em instalar o ADS-B (Automatic Dependent Surveillance-Broadcast), equipamento obrigatório para todas as aeronaves que pretendem sobrevoar o território dos Estados Unidos. Desde o dia 1.o de janeiro de 2020, só podem sobrevoar os Estados Unidos aeronaves com este equipamento, que futuramente passará a substituir o sistema de radar. Até aeronaves comerciais tiveram que desviar a rota por não estarem ainda equipadas com o ADS-B.

 

“Muitos proprietários que voam regularmente para os EUA já fizeram a instalação no ano passado, mas outros, que não fazem a rota regularmente, adiaram, mas agora estão correndo para fazer a atualização”, disse André Bernstein, da Solojet Aviação. Segundo ele, a falta do equipamento vai pesar também na avaliação da aeronave na hora da revenda.

 

O ADS-B é uma tecnologia que aumenta a segurança e a eficiência do monitoramento de aeronaves, beneficiando diretamente pilotos, controladores, companhias aéreas, através do uso preciso do rastreamento através de sinal de satélite.

 

“A nova tecnologia permite que o piloto veja o que a torre de controle está vendo, as outras aeronaves no céu. E fornece também outras informações como restrições temporárias de voos e alterações climáticas importantes”, disse Bernstein. O equipamento também fornece alerta de potenciais colisões.

 

Em média, o tempo de instalação do equipamento é de 20 dias e o custo pode variar de US$ 70.000 até US$ 200.000 dependendo do modelo da aeronave.

 

No Brasil a ANAC e o DECEA já comunicaram que futuramente o requisito para operar em território nacional será o mesmo, porém a data da nova regra ainda não foi estipulada pelos órgãos.

 

Saiba mais sobre a Solojet Aviação:

Criada há três anos, a Solojet Aviação é uma empresa completa no segmento de aviação executiva. Oferece serviços de hangaragem, atendimento, gerenciamento de aeronaves, revitalização de interiores, manutenção, compra e venda de aeronaves. É ainda é representante de importantes marcas como a Tamarack, que fabrica winglets para a linha 525 da Cessna, a Raisbeck Engineering e a Blackhawk Modifications, que oferece kits para upgrades aerodinâmicos e de motores para King Air.  Baseada no Aeroporto de Jundiaí, se destaca por oferecer todos os serviços em um único lugar aos clientes. Mais informações em https://solojetaviacao.com.br/

 

Informações para a imprensa

Egom PR Agency – (11) 3666 7979/ 3666 7981

Daya Lima (11) 98207 5278

Marcela Matos (11) 98447 1756

Sala de imprensa: www.egom.com.br

E-mail: egom@egom.com.br

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Egom Consultoria de Comunicação e Marketing

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?